Em uma noite de muitos nocautes, empate marca luta principal do Shooto 116 

Em uma noite de muitos nocautes, empate marca luta principal do Shooto 116 
Empate marca luta principal do Shooto 116 (Foto: Marcell Fagundes)

Via: Assessoria de Comunicação

A edição 116 do Shooto Brasil brindou o público presente na Upper Arena, no Rio de Janeiro (RJ), com grandes lutas e nocautes espetaculares dos lutadores. O evento, que aconteceu na sexta-feira (17) e teve como principais destaques as vitórias de Juscelino Pantoja, Ágata Lucas e Yuri Neles.

Empate na luta principal da noite

No combate final do show, duas feras da organização entraram em rota de colisão. Arthur Lima e Carlão Silva substituíram a luta principal da noite, que primeiramente seria uma disputa de cinturão entre Ronys Torres e Willker “Feijão”, que passou mal durante o processo de perda de peso. E como não poderia deixar de ser, a luta entre Arthur Lima e Carlão Silva foi bastante equilibrada, o duelo foi declarado, por decisão dividida dos juízes, um empate.

Em nocaute brutal, Juscelino vence e pede luta por titulo

O nome da noite foi Juscelino Pantoja, que mais uma vez provou estar em plena evolução e conquistou a quinta vitória na carreira, sobre Lincon Santos. Apesar de enfrentar um adversário experiente no MMA, Juscelino impôs superioridade desde o início do combate, machucando a perna do seu oponente logo no início do round, ponto crucial para dificultar a movimentação de Lincon no combate.

Após o golpe que limitou a movimentação de Lincon, Juscelino “caçou” o adversário e mesmo após um knockdown, Lincon, de maneira guerreira resistiu e continuou na luta. Mas, mesmo após uma recuperação implacável, Juscelino conseguiu o nocaute ainda do primeiro round.

Em mais uma ótima apresentação, Juscelino pediu pela chance de disputar o cinturão da categoria e aproveitou para declarar: “Dedé estou pronto! – gritou o lutador, ainda no cage, para Dedé Pederneira.

Yuri “Seu Jorge” vence Jefferson por nocaute no primeiro round.

 Demonstrando estar bem preparado fisicamente, Yuri “Seu Jorge” imprimiu um ritmo forte desde o início do combate com boa variação de golpes e muita movimentação. Já no início da luta, o nocaute veio com um cruzado potente, que levou Jefferson a derrota no primeiro round. Aproveitando o clima da vitória, Yuri também pediu por maiores desafios na organização, mostrando interesse em um futuro combate pelo título da categoria dos leves.

Com grande apresentação, Ágata Lucas surpreende a todos e vence Hannette Staack

Dotada uma estratégia bem clara, não ir para a luta de solo, Ágata entrou no cage para enfrentar uma grande lenda do Jiu Jitsu Mundial, Hannette Staack. A estratégia não foi efetiva no primeiro round, Hannette conseguiu levar o combate para o chão e quase o finaliza com várias investidas, mas com grande raça e calma ágata resistiu até o final do round. O segundo round de luta seguiu o mesmo tom. Ágata resistindo as investidas da multi-campeã de jiu jitsu e tentando manter o combate de pé, deferindo bons golpes e alcançando vantagem. Mas foi no terceiro round que a vitória veio para a estreante carioca, com um TKO, após vários golpes potentes da meia guarda.

Resultados do Shooto Brasil 116
Card Preliminar

1 – Breno Yuri  venceu Douglas “Gelado” por KO

2 – Lucas Caldas venceu Ricardo “Tigrão” por TKO

Card Principal

3 – Matheus Soares  venceu Ricardo “Capoeira” por TKO

4 – Ágata Lucas venceu  Hannette Staack  por TKO

5 – Juscelino Pantoja   venceu Lincon Santos por TKO

6 – Geoge Tokkos   venceu Gabriel “GB” por decisão unanime

7 – Yuri “Seu Jorge” venceu  Jefferson Aldin

8 – Diego Dias venceu Vandirson Alves  por decisão majoritária

9 – Arthur Lima e Carlão Silva empataram após 3 rounds

Releases

Matérias enviadas por assessorias de imprensa. Envie seu release para o e-mail: peleiammacontato@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *